Mãe e filha sofrem atentado a tiros no Loteamento Nanuque em Teixeira: Mãe morre e filha está internada no HMTF

Polícia

Teixeira de Freitas: Maria de Lourdes Nardaci Rodrigues, 65 anos, foi assassinada a tiros, neste sábado, 21 de maio, quando sua filha, Michaela Nardaci Rodrigues, de 30 anos, que trabalha no setor financeiro de uma revendedora de automóveis, estava em um veículo Fiat Palio, de cor branca, com os filhos, e os netos da Maria de Lourdes (de dois e oito anos), momento em que sofreram o atentado, na rua principal do Loteamento Nanuque.

Segundo informações, a Michaela estava trafegando na rua, e ainda com o carro em movimento, quando foi surpreendida por um criminoso, que estava em uma moto Honda Fan, de cor vermelha. O criminoso estava parado na esquina e quando o veículo passou, ele abriu fogo, atingido a motorista, Michaela Nardaci e a sua mãe Maria de Lourdes. A Michaela levou dois tiros nas costas. Sua mãe, Maria de Lourdes, levou um tiro na altura do tórax esquerdo, que transfixou saindo na lateral do outro lado.

As duas foram socorridas pelo marido da Michaela para o Hospital Municipal. A Maria de Lourdes morreu logo após dar entrada no hospital, já a Michaela passou por procedimento cirúrgico e seu estado de saúde é grave, embora esteja estável. O veículo foi conduzido para a Delegacia para ser periciado. No banco da frente do carro foi encontrado um projétil de arma de fogo, mas de calibre indefinido.

A delegada Andressa Carvalho instaurou inquérito policial para investigar a autoria e motivação do crime. A Maria de Lourdes era moradora de um sítio no Duque de Caxias, e costumava passar o fim de semana com a filha. A Polícia descartou o crime de latrocínio, pois segundo a vítima Michaela, ela chegou a ver o criminoso parado na esquina com a moto vermelha, e que ele simplesmente atirou quando ela passou por ele.

Não houve abordagem, tentativa de roubo, nada nesse sentido. O criminoso atirou assim que o veículo passou por ele. As crianças, apesar do susto, nada sofreram. O caso será investigado pelo Setor de Homicídios da Polícia Civil.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.