Vereador de Itabela amarra corda no pescoço durante sessão da Câmara Municipal

Política Regionais

Itabela: O vereador Renaldo dos Santos Porto (PROS), de 54 anos, conhecido como Renaldinho da Feira, chocou a todos que acompanhavam a sessão da Câmara Municipal de Itabela nesta quinta-feira (2). Durante seu discurso no pequeno expediente, ele tirou do bolso do paletó uma corda e começou a amarrá-la no pescoço, como se pretendesse se enfocar.

Ao perceberem a suposta intenção do vereador, demais colegas e pessoas que estavam próximas correram para segurá-lo. Ao ser contido, ele entrou em choro compulsivo. A sessão, que estava sendo transmitida ao vido pela internet, foi suspensa.

“Às vezes, só resta para a gente uma solução”, disse Renaldinho durante o discurso, e em seguida retirou do bolso uma corda fina, que amarrou com um nó no pescoço.

MORTE DO FILHO – Pessoas próximas ao vereador dizem que ele não tem se sentido bem psicologicamente desde a morte do filho Rangel, ocorrida em outubro de 2020, em um acidente de moto. Desde então, em seus discursos na Câmara, Renaldinho sempre comentava sobre a falta que sentia do filho e a dor de perdê-lo.

No entanto, apesar de muito abalado pela perda do filho, o vereador não demonstrava sinais de depressão, segundo informações. O fato ocorrido nesta quinta-feira causou comoção em Itabela, onde o vereador, que está no quarto mandato, é muito querido pela população.

ACIDENTE – Rangel Porto, empresário de 29 anos, morreu em uma colisão frontal da moto que pilotava contra um carro, quando seguia por uma estrada rural entre os municípios de Itabela e Porto Seguro. O rapaz era proprietário de um bar famoso em Itabela.

Fonte; Radar64

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.