37 mortes por causa da chuva; Governo do estado decretou situação de emergência em 47 cidades afetadas pelas chuvas em MG TV Teixeira

A Defesa Civil de Minas Gerais confirmou na manhã deste domingo (26/01/2020) 37 mortes pela chuva no estado desde a sexta-feira (24/01). Inicialmente o órgão havia divulgado 38 mortes, depois retirou um óbito em Carangola, na Zona da Mata.

De acordo como o órgão, 25 pessoas seguem desaparecidas. Doze pessoas ficaram feridas. Até a manhã deste domingo a Defesa Civil contabilizava 3.354 desabrigados e 13.687 desalojados.

A cidade com mais mortes confirmadas é Belo Horizonte: 8; Betim tem 6 e Ibirité, 5 (veja tabela abaixo).

São elas:

01 – Abre Campo
02 – Alto Caparaó
03 – Alto Jequitibá
04 – Belo Horizonte
05 – Betim
06 – Brumadinho
07 – Caeté
08 – Caparaó
09 – Carangola
10 – Cataguases
11 – Congonhas
12 – Contagem
13 – Divino
14 – Dores do Turvo
15 – Ervália
16 – Espera Feliz
17 – Guidoval
18 – Ibiaí
19 – Ibirité
20 – Luisburgo
21 – Manhuaçu
22 -Mariana
23 – Mateus Leme
24 – Matipó
25 – Monjolos
26 – Muriaé
27 – Nova Lima
28 – Orizânia
29 – Patrocínio de Muriaé
30 – Pedra Bonita
31 – Raposos
32 – Raul Soares
33 – Ribeirão das Neves
34 – Rio Acima
35 – Sabará
36 – Santa Bárbara
37 – Santa Luzia
38 – Santa Margarida
39 – São Gonçalo do Sapucaí
40 – Sarzedo
41 – Senador Firmino
42 – Simonésia
43 – Taquaraçu de Minas
44 – Teófilo Otoni
45 – Tocantins
46 – Ubá
47 – Visconde do Rio Branco

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Belo Horizonte teve o dia mais chuvoso dos últimos 110 anos, com medição feita entre quinta e sexta-feira (24/01/2020).

fonte  PORTAL SBN

TV TEIXEIRA VOCÊ AO VIVO