Carro atropela dois policiais na porta do Congresso dos EUA e um deles morre; suspeito é morto ao ser detido


Fonte G1

Por causa do incidente, sede do Congresso dos EUA foi fechada. Motivação do criminoso ainda não foi divulgada.

Um homem avançou com um carro sobre a barreira de proteção na entrada do Capitólio, sede do Congresso dos Estados Unidos, em Washington, nesta sexta-feira (2). Dois policiais foram atropelados e levados a um hospital. Um deles não resistiu aos ferimentos e morreu, confirmaram autoridades locais. O criminoso foi baleado, levado a outra unidade de saúde, e também morreu.

Congresso dos EUA

Agentes de segurança balearam o motorista quando ele saiu do carro com uma faca na mão, segundo uma TV local – o homem foi detido no hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Por causa do incidente, a sede do Congresso americano foi fechada por pouco mais de duas horas.

Não se sabe qual a motivação do ataque nem se há ligações com a invasão ao Capitólio por apoiadores do ex-presidente Donald Trump ocorrida em 6 de janeiro.

De acordo com a porta-voz da Polícia do Capitólio, Yogananda Pittman, o motorista do carro saiu armado com uma faca após avançar com o veículo sobre os policiais. Houve confronto, e os agentes de segurança atiraram contra o homem. As identidades do criminoso e dos policiais ainda não foram reveladas. As autoridades de segurança dizem que não há indícios de terrorismo.

A emissora americana CNN, citando fontes policiais, relata que um policial chegou a ser esfaqueado. Não se sabe, porém, se esse agente ferido a faca é um dos dois atropelados ou se seria uma terceira pessoa envolvida no caso.

Por causa do crime, autoridades americanas fecharam o complexo de edifícios onde fica o Capitólio alegando “ameaça à segurança“. O fechamento durou pouco mais de duas horas. Duas ruas do centro de Washington também ficaram parcialmente bloqueadas. Como o Congresso está em recesso nesta sexta-feira, havia poucas pessoas no local.

Até a última atualização desta reportagem, não havia qualquer informação sobre a motivação do crime nem se houve ligações deste atropelamento com a invasão ao Capitólio por apoiadores do ex-presidente Donald Trump, em 6 de janeiro.

Jornalistas que estavam no local flagraram o momento em que um helicóptero pousa em frente a uma das entradas do Capitólio. Os profissionais de imprensa também mostram uma grande presença policial nos arredores do prédio.

TV TEIXEIRA VOCÊ AO VIVO