Kock Feregueti concede entrevista a TV Teixeira e fala sobre seu futuro político em Mucuri. TV TEIXEIRA REDAÇÃO

Empresário e comerciante, Kock Feregueti é natural do município de Mucuri, casado e pai de duas filhas e avô de duas netas. Entrou para política em 2008 quando veio candidato a prefeito e em 2012 voltou a disputar o pleito tendo como candidato a vice-prefeito, um empresário, que é um dos nomes mais influentes na sede do município. Seguindo a trajetória política, candidatou-se a deputado estadual nos anos 2010; 2014 e 2018, fazendo com que a evolução política do grupo tenha crescido e se destacado com o advento das redes sociais.

As eleições de 2020 já passaram a fazer parte dos noticiários locais, dos meios políticos e redes sociais mucurienses e, por isso, a Tv Teixeira resolveu convidá-lo para uma entrevista com foco nas eleições passadas e no seu futuro político.

Confira:

Kock Feregueti: Primeiro quero falar do pleito passado que teve um fator atípico nas redes sociais. Apesar de um número muito elevado de candidatos e utilizando somente propagandas virtuais, conseguimos um patamar de votos surpreendentemente dentro da média, depois de presenciarmos campanhas com altíssimos gastos financeiros praticados pela grande maioria dos outros candidatos. Considero que mesmo assim saímos vitoriosos com nossas metas, pois, em nossa caminhada em 2018, nossos amigos e companheiros atuando de forma voluntária fizeram a diferença.

TV Teixeira: As redes sociais foram os protagonistas nas eleições passadas?

Kock Feregueti: Com certeza as redes sociais, rádios, mídias impressas ou qualquer tipo de veículo de comunicação são instrumentos importantes na informação, desde que não influenciada por fakenews. Acredito que o primeiro passo em relação ao futuro foi dado através da informação, basta a população se conscientizar da veracidade delas através de sites confiáveis que publicam o que realmente procede e o que é falso ou é boato.

TV Teixeira: Esse desejo de mudança pode refletir também nas eleições municipais de Mucuri?

Kock Feregueti: Acredito que sim, pois com o uso da tecnologia a população poderá acompanhar a trajetória de todos os candidatos, suas propostas, seus apoiadores, e muito mais. O caminho que sempre busquei é de debates que contribuam com soluções, com propostas realistas, enfim, sem atitudes que possam comprometer o orçamento da prefeitura, como sempre presenciamos..

TV Teixeira: As eleições aqui na região para deputado estadual, como analisar o quadro futuro?

Kock Feregueti: Nossa Bahia reelegeu um número muito elevado ainda de “caciques”. Com a aceitação do governador muitos nomes acabaram tendo êxito e tirando a oportunidade dos novos se destacarem. Fui candidato a deputado estadual e observei que na região existiam ótimos nomes nos quais a população poderia ter escolhido e que não lograram êxito, porém, acredito que em 2022 a população refletirá para esse tipo de atitude na disputa presidencial.

TV Teixeira: Olhando para o futuro, qual o pensamento de Kock Feregueti para as eleições municipais?

Kock Feregueti: Não é por acaso que tenho tentado buscar sempre uma linha alternativa e que se opõe a todos os descasos praticados pelos governos municipais há quatro décadas. Em 2012 com poucos recursos fiz uma política de esclarecimento e conscientização para a população com um trabalho árduo de mais de 10 anos. Com o crescimento do grupo, me vejo no direito de futuramente dizer que serei um pré-candidato que realmente trará uma nova forma de administração pública para Mucuri.

TV Teixeira: As pessoas se dizem cansadas de nomes que só aparecem em período eleitoral. Você tem feito essa aproximação e buscado entender quais são as necessidades do povo?

Kock Feregueti: Pretendo chegar no ano que vem com uma proposta verdadeira para Mucuri, realizando até lá reuniões setoriais e muita visitas para entender as demandas e os graves problemas de nosso município. Precisamos formar equipes que nos direcione a trabalhar de forma a corrigir o que for necessário e seguir com modelos de políticas públicas para no futuro, constatarmos que conseguimos reais benefícios para todo o município e todo cidadão mucuriense.

TV Teixeira: Como sair vitorioso numa eleição sem uma aliança que depende de secretarias e cargos?

Kock Feregueti: Não iremos leiloar nosso município. Devemos sempre dialogar com grupos que queiram trazer benefícios para nossa região, cidade, distrito, etc. Este grupo de pessoas, sim, será bem vindo.

O grupo que não se preocupa com o desenvolvimento municipal e pensa somente em si próprio, deste queremos distância. Estas pessoas ou grupos não são bem vindos, só prejudicam nosso município, são usurpadores dos recursos que deveriam ser destinados à saúde, educação, segurança pública e tantos outros setores.

 

 

TV TEIXEIRA VOCÊ AO VIVO