Polícia pede a prisão preventiva de acusado de matar “Neto da Empada”


Fonte: Radar64

Eunápolis: O principal suspeito da morte do vendedor de empadas, Simonetto Porto Medeiros, de 43 anos, já foi identificado. A Polícia Civil já pediu a sua prisão preventiva. A Delegacia Territorial, responsável pela investigação, não divulgou o nome do acusado, mas a reportagem confirmou com um amigo da vítima que trata-se de Matheus de Jesus Santos, de 21 anos.

De acordo com a polícia, na noite de sábado, feriado de 1º de maio, Neto reuniu um grupo de amigos em sua residência para uma confraternização. O corpo do vendedor foi encontrado na mesma casa, na última segunda feria (03), com perfurações no abdômen e tórax.

A polícia ainda não sabe se Matheus foi o último a sair da festa, ou se voltou depois do encerramento. O fato é que todos os participantes da confraternização já foram localizados e ouvidos, menos o Matheus. Matheus já tem passagens pela Polícia. Ele foi preso em agosto de 2018 por tráfico de drogas.

A morte de Neto da Empada teve grande repercussão em Eunápolis. Ele ficou muito popular na cidade pela forma que cativava os clientes que consumiam seus produtos em um tabuleiro na esquina da Avenida Porto Seguro. Neto também era um fenômeno nas redes sociais.

DENÚNCIAS / DELEGACIA TERRITORIAL

O Serviço de investigação da Delegacia Territorial tem um telefone para denúncia: (9090) 98196-3666. A ligação pode ser a cobrar e o cidadão não precisa se identificar.

TV TEIXEIRA VOCÊ AO VIVO