Professora de 42 anos é obrigada a dirigir para assaltantes, após ser é vítima de sequestro relâmpago TV TEIXEIRA REDAÇÃO

Uma professora, de 42 anos, e as duas filhas, de 16 e 13, foram feitas reféns durante um sequestro relâmpago, em Cariacica, na noite da última segunda-feira (2). A mulher relatou que foi obrigada a dirigir para os criminosos, enquanto eles cometiam assaltos.

Familiares das vítimas disseram que elas foram rendidas quando chegavam em uma academia, que fica em uma avenida movimentada do bairro Campo Grande. Antes que elas saíssem do carro, os dois criminosos embarcaram, com uma faca, e exigiram que a mulher dirigisse.

O primeiro assalto aconteceu na mesma rua em que a mãe e as filhas foram rendidas. Segundo as vítimas, várias pessoas foram assaltadas em vários bairros de Cariacica. As vítimas ficaram em poder dos criminosos por cerca de duas horas, até que foram liberadas no bairro Universal, em Viana. Os criminosos levaram um celular e R$ 60 em dinheiro das vítimas.

Por meio de nota, a Polícia Civil orientou que as vítimas registrem boletim de ocorrência para que o crime seja investigado.

 FOLHA VITÓRIA

 

TV TEIXEIRA VOCÊ AO VIVO